Objetivo e Política

A Texto & Contexto Enfermagem propicia espaço de reflexão e aprofundamento do conhecimento acerca de questões da prática, do ensino e da pesquisa em saúde e em enfermagem, em níveis nacional e internacional.

A revista é publicada trimestralmente, na modalidade Rolling Pass, ou fluxo contínuo, aceitando manuscritos em português, inglês ou espanhol, nas categorias artigo original, reflexão, relato de experiência e revisão. As contribuições destinadas a divulgar resultados de pesquisa original inédita têm prioridade para publicação. Os números especiais são publicados a critério do Conselho Diretor e Editores Associados. Todos os manuscritos são publicados em duas versões, sendo uma delas o inglês, visando abranger o maior número de leitores mundialmente.

A Texto & Contexto Enfermagem segue oCode of Conduct and Best Practice Guidelines for Journal Editors do Committee on Publication Ethics (COPE) (http://publicationethics.org/).

A política editorial da revista Texto & Contexto Enfermagem se pauta em rigorosos critérios de qualidade de indexação e editoração; na responsabilidade de gestão compartilhada entre Conselho Diretor, Coordenação Editorial e Comissão de Editoração; e na arbitragem rigorosa e construtiva dos pares, preservando o anonimato dos autores e revisores.

A Texto & Contexto Enfermagem apoia as políticas para registro de ensaios clínicos da Organização Mundial da Saúde (OMS) e do International Committee of Medical Journal Editors (ICMJE). Sendo assim, somente serão aceitos para publicação, os manuscritos de pesquisas clínicas que tenham recebido um número de identificação em um dos Registros de Ensaios Clínicos validados pelos critérios estabelecidos pela OMS e ICMJE. O número de identificação deverá ser registrado ao final do resumo.

Os manuscritos submetidos à revista devem atender à sua política editorial e às instruções aos autores, que seguem a Rede EQUATOR e os Uniform Requirements for Manuscripts do ICMJE (http://www.icmje.org).

A Texto & Contexto Enfermagem defende as iniciativas destinadas ao aperfeiçoamento da apresentação dos resultados de estudos científicos, por meio do incentivo à utilização de guias internacionais pelos autores, na preparação dos artigos de ensaios clínicos randomizados, revisões sistemáticas, metanálises, estudos observacionais em epidemiologia e estudos qualitativos.

A confiança pública do processo de revisão de especialistas e a credibilidade dos artigos publicados dependem, em parte, de como o conflito de interesse é administrado durante a redação, revisão por pares e a tomada de decisão editorial. Os conflitos de interesse podem ser de ordem pessoal, comercial, política, acadêmica ou financeira. Relações financeiras, como, emprego, consultorias, posse de ações, honorários, depoimento ou parecer de especialista são conflitos de interesse mais facilmente identificáveis e que têm maior chance de abalar a credibilidade da revista, dos autores e da própria ciência. Contudo, conflitos podem ocorrer por outras razões, tais como relações pessoais, competição acadêmica e paixão intelectual.

Os autores são responsáveis por reconhecer e revelar conflitos de interesse que possam influenciar seu trabalho para que o Conselho Diretor possa decidir sobre o manuscrito. Os autores devem informar o apoio financeiro e outras conexões financeiras ou pessoais em relação ao seu trabalho, quando houver.

Os manuscritos publicados serão de propriedade da revista, vedada qualquer reprodução total ou parcial, em qualquer outro meio de divulgação, impressa ou eletrônica, sem a prévia autorização da revista Texto & Contexto Enfermagem.

O manuscrito submetido à análise da revista Texto & Contexto Enfermagem não pode ter sido encaminhado ou publicado simultaneamente em outro periódico. Caso seja identificada publicação ou submissão simultânea a outro periódico, em qualquer uma das etapas do processo de submissão, o manuscrito será retirado do processo de avaliação.

A Texto & Contexto Enfermagem desencoraja a submissão de artigos originais, cujos dados foram coletados há mais de quatro anos, e de artigos de revisão, cujos dados foram coletados há mais de um ano. A veracidade das informações e das citações bibliográficas é de responsabilidade exclusiva dos autores.

 

Politica de Retratação e Errata.

Solicitação de modificações de informações pelos autores serão aceitas até 1 mês após a publicação. Informações, sugestões e/ou reclamações devem ser encaminhadas ao e-mai textoecontexto@contato.ufsc e serão analisados e respondidos pelo conselho editorial.